49 Zacarias trio site.jpg



CAPÍTULO 12


Zacarias, o Disfarçado


Zacarias, deslocando-se em pose pelo salão, dá nas vistas pelo seu modo exagerado quer nos gestos quer no traje.

A casaca até aos joelhos aparece solta e adornada com presilhas salientes. A camisa é enfeitada com bordados e peitilho. Os calções deixam ver as pernas torneadas assentes em sapatos de tacão.

De braço estendido segura na mão um lenço pendurado, à espera de deferência por parte de gente mais comum.

O que será que veem quando olham para ele?

Uns ficam impressionados com a sua figura e indumentária, outros simplesmente riem-se. O Marquês, com estatuto adquirido por linhagem, não consegue deixar de ver por debaixo de toda aquela encenação o que lhe parece assemelhar-se à figura de um macaco.

Gerarda, ocupada a receber os convidados, aproxima-se do marido e comenta “lá veio o nosso Zacarias, como sempre, disfarçado daquilo que não é. Mesmo eu vejo-me merecedora de ser tua mulher, mas não escondo as minhas raízes. Soube aproveitar bem o que a vida me deu, e aprendendo tornei-me no que hoje sou”

Zacarias, vendo o casal com os olhos postos em si, aproxima-se com ar dramático, como se estivesse num palco, e com uma voz pouco natural elogia a festa, detendo-se nos aspetos mais superficiais.

O Marquês, embora seu amigo, não se contém e aproveita para lhe dizer em tom descontraído “da próxima vez, Zacarias, traz uma casaca mais comprida, que cubra a cauda de primata que te vejo ao fundo das costas”.



« Episódio anterior ~ Episódio seguinte »

Episódios já publicados aqui.