O seu navegador necessita de suporte Javascript para esta funcionalidade.
28 de Março de 2020
Utilize as teclas de atalho Alt+1 para navegar para a área de conteúdos do sítio web.
  • Exposições e Actividades
  • Eventos

Eventos

  •  

  • Tesouros do MNAz ao alcance de todos
    Pessoas com deficiência auditiva, visual e motora podem agora disfrutar de novos equipamentos e estruturas que tornam este museu acessível a todos.
  • A festa engloba uma visita guiada ao Museu animada por jogos de descoberta e uma oficina de pintura em azulejo.

  • O Museu Nacional do Azulejo (MNAz) disponibiliza uma inovadora APP para “smartphones” e “tablets” com vídeos em Língua Gestual Portuguesa e Gesto Internacional, para visitantes surdos. Trata-se do único museu nacional a disponibilizar em língua gestual uma visita completa e autónoma à sua exposição.Desenvolvida pela Realizasom, a APP é gratuita e está disponível nas lojas online Google Play (Android) e iTunes (iOS).

  • Caro visitante,

    O Museu Nacional do Azulejo encontra-se encerrado ao público, por tempo indeterminado, desde o dia 14 de Março, conforme estabelecido pelo plano de emergência e salvaguarda da saúde pública.

    Gratos pela vossa compreensão, fazemos votos de que possamos  voltar a reabrir brevemente.

    Iremos actualizando a informação através deste site.


  • Igreja da Madre de Deus

    Não!?

    Então faça uma visita virtual (Google Art& Culture) e surpreenda-se descobrindo muito mais do que aquilo que esperaria!

    Imagine poder visitar Lisboa antes do terramoto de 1755, num painel que mede cerca de 23 metros de comprimento…

    Imagine descobrir uma das mais belas Igrejas de Portugal. Impressione-se com a beleza envolvente da Igreja da Madre de Deus

    Imagine um retiro espiritual ao poder percorrer claustros do século XVI…

    Imagine todos estes cenários e acrescente-lhes um recheio exclusivo: uma colecção única de azulejos portugueses, que nos transportam para uma viagem pelo "ADN cultural português" desde o século XVI até ao século XXI.

    Descubra-nos! (sem sair de casa!)