Os dois projetos que o MNAz apresentou ao Orçamento Participativo Portugal (OPP) foram aprovados para a votação final. Trata-se de um projeto ligado às acessibilidades Vertocando — Arte Acessível”(431), e um projeto ligado à história do edifício, As Freiras do Convento - Espaço interpretativo do Convento da Madre de Deus”(432).

O OPP é um processo democrático deliberativo, direto e universal, através do qual as pessoas apresentam propostas de investimento e que escolhem, através do voto, quais os projetos que devem ser implementados em diferentes áreas de governação. Através do OPP as pessoas podem decidir como investir 5 milhões de euros.

O OPP abrange a totalidade do território português, integrando grupos de propostas de âmbito territorial diferenciado: um de âmbito nacional; um por cada uma das áreas das NUT II (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve); um por cada Região Autónoma.

Estes grupos de propostas não concorrem entre si, tendo cada um deles a sua dotação financeira. Cada região do país terá sempre assegurada a existência de projetos vencedores do OPP no seu território.

Podem participar no OPP todos os cidadãos nacionais com idade igual ou superior a 18 anos, apresentando propostas e votando nos projetos da sua preferência.

Para votar nos nossos projetos aceda aos seguintes links:

https://opp.gov.pt/proj/431?page=1&ordering=random_order

https://opp.gov.pt/proj/432?page=1&ordering=random_order&search=azulejo