É com muito gosto que o Museu Nacional do Azulejo acolhe e divulga, no âmbito da iniciativa "De Porta Aberta… Escolha como quer entrar", o excelente trabalho de José Manuel das Neves que, a partir da sua própria coleção de azulejos de figura avulsa do século XVII e XVIII, concebeu um conto ilustrado que resulta numa narrativa verdadeiramente encantatória!

Como o José partilhou connosco parte considerável do seu processo criativo, sabemos que cada palavra foi criteriosamente escolhida. De facto, achamos que o José teve a capacidade de fazer cada uma delas funcionar como um pequeno “pigmento” de cor, aplicado com intencionalidade e mestria, resultando numa "obra" cujo brilho é inegável, tal como se de um azulejo se tratasse…

Partilhamos o trabalho de José Manuel das Neves em onze capítulos, uma introdução e um prólogo, onde está explicada toda a sua paixão pelos azulejos, "pelas caixas" e pelo "nascimento" da Quinta do Castanheiro.

Datas de publicação on-line:

13 de Julho, segunda feira |Introdução e Índice

14 de Julho, terça feira       | Prólogo

                                               | Fulgêncio, o capataz

                                               | O pomar

15 de Julho, quarta feira    | Evaristo, o galo

                                               | Silvestre, o papagaio

                                               | Rubina, a papagaia

16 de Julho, quinta feira     | O cisne Vicente e a pata Emília

                                               | Felizarda, a pomba

                                                | O ninho

17 de Julho, sexta feira        |Albano, o cavalo do Marquês

                                                | A vaca Patronila e a cabra Piedade

18 de Julho, sábado             |Jeremias, o caminhante

                                                |Hilário, o coelho

                                                |Tito e Lívio, os irmãos coelho

19 de Julho, domingo          |Agostinho, o desgraçado

                                                |O Bicho

                                                | Tomás e Tobias, os cães do Marquês

20 de Julho, segunda feira  |Gervásio, o Marquês

                                                | A casa da Quinta

                                                |Passeio pelo jardim

21 de Julho, terça feira        |Jardim com flores e pássaros (colibri, Euclides, Péricles e Porfírio)

22 de Julho, quarta feira     |Gerarda, a ama

                                                |Uma recordação de Gerarda

23 de Julho, quinta feira     |A sala preferida de Dona Gerarda

                                                |A albarrada

                                                |O salão para a festa

                                                |Sala de refeições

24 de Julho, sexta feira       |Luna, a espanhola

                                               |A cozinha

                                               |A chouriça

25 de Julho, sábado            |Ataíde, o filho do Marquês

                                               | Desenhos no chão

                                               |Um dia de chamamento

                                               |Um barco que se distingue

                                               |Eulália, a menina peixe

26 de Julho, domingo         |Raimundo, o homem da lança

                                               |Os convidados

27 de Julho, segunda feira |Ezequiel, o rapaz do cata-vento

                                               | Imaginação dos amigos

28 de Julho, terça feira       |Eugénia, a tocadora de Bandolim

                                               |Lá fora as estrelas brilham

29 de Julho, quarta feira    | Zacarias, o disfarçado

                                               | Caçada ao javali

                                               |Igor, o galgo

                                               |Final


Esperamos que lhe traga bons momentos! Ficamos gratos se quiser partilhar a sua opinião connosco.